Verão refrescante

Dicas de Verão
SEDE? QUANTO E O QUE PRECISAMOS BEBER? ROUPAS ? QUAIS USAR?  
Quando chega o verão vale à pena evitar excesso de água, já que o resultado disso é como se jogássemos água num carro quente que produz vapor. No nosso corpo acaba gerando mais suor e inchaços. O ideal é salivar ao máximo, mastigando bastante os alimentos. Molhe os labios e a garganta se passar a sede nao precisa beber mais .

Chás refrescantes como hortelã, acabam evitando o excesso de líquidos.Os beduinos no deserto tomam cha quente de hortelã

DICAS DE EMERGÊNCIA:

Se houver alguma indisposição intestinal acompanhada de diarréias o ideal é suspender toda a alimentação e ingerir só água de arroz

Forma de preparo da água de arroz: Pegue um copo de arroz cateto integral branco e junte a oito copos de água com uma pitada de sal marinho. Coloque-os na panela de pressão em fogo alto até a válvula começar a girar;nesse momento abaixe o fogo. Controle  a pressão interna da panela, salpicando água na parede externa da panela se fizer barulho e logo desaparecer as gotas a pressão está boa, se não fizer barulho ou escorrer as gotas a pressão diminuiu, portanto o fogo deve ser aumentado. Na próxima verificação se desaparecem rapidamente as gotas abaixe o fogo e assim por diante por volta de 30 minutos. A água sobrenadante que deve ser ingerida quente ou fria.

PRESSÃO BAIXA

CHÁ DE FOLHAS DE BANCHÁ 3 ANOS COM UMEBOSHI E MOLHO DE SOJA
Muito util para quedas de pressão, desanimo em dias quentes .

Macere ½ ou 1 ameixa salgada umeboshi, com algumas gotas de shoyu e uma gota de gengibre ralado , despeje banchá fervente coe e tome uma xícara bem quente.

 

ROUPAS UV 

Os produtos são confeccionados com tecidos especiais, capazes de filtrar mais de 98% dos raios solares e atendem a todos os perfis de público que buscam roupas confortáveis, de alta qualidade e design atual. A coleção UV Line é composta por peças dos segmentos masculino, feminino e infantil, além de uma completa linha de acessórios.  Outros, como o algodão, recebem um aditivo no processo de tingimento, que também é um eficiente absorvedor de raios ultravioleta. A técnica amplia o Fator de Proteção Ultravioleta (FPU) de 5 para 50+.

Como isso é possível?

Dois processos de última geração asseguram a proteção contra os raios UVA e UVB. Em alguns tecidos, a trama é formada por fios à base de dióxido de titânio, um composto amplamente empregado pela indústria para conter a radiação solar. Já nas peças de algodão, a proteção é garantida por meio de aditivos no processo de tingimento dos tecidos. Essa tecnologia garante a eficiência de proteção solar durante toda a vida útil da roupa. Os artigos não requerem nenhum cuidado especial de conservação para manter a eficácia da proteção e podem ser lavados normalmente seguindo as instruções de lavagem na etiqueta interna do produto.

Benefícios

Ao filtrar os raios UVA e UVB, os artigos UV Line contribuem para afastar da pele os efeitos nocivos da radiação, como o aparecimento de manchas, envelhecimento precoce, queimaduras e até prevenir contra o câncer de pele. Mais informações consulte : http://www.solartex.com/uvinformation.html#sundress

 

Raios UVA-UVB

Foi na Austrália que surgiu o conceito de roupa de proteção solar, em 1996. O país, que tem muito Sol e população de pele clara, começou a apresentar índices alarmantes de pessoas com problemas dermatológicos. Assim, foi desencadeada no país uma política de saúde pública para incentivar a criação de novos métodos de proteção solar.

Todos os tecidos utilizados pela UV Line são submetidos a rigorosos testes da Agência Australiana de Proteção à Radiação e Segurança Nuclear (Arpansa), que é a entidade que desenvolveu a norma que mede o FPU dos tecidos: 30, 40 ou 50+. Dessa forma, a UV Line assegura a qualidade e a eficiência de seus produtos durante toda sua vida útil. As peças UV Line são produzidas com tecidos especiais, de alta tecnologia. Alguns tecidos levam em sua composição fios à base de dióxido de titânio, que proporcionam maior proteção contra a radiação ultravioleta. Outros, como o algodão, recebem um aditivo no processo de tingimento, que também é um eficiente absorvedor de raios ultravioleta. A técnica amplia o Fator de Proteção Ultravioleta (FPU) de 5 para 50+.

Consulte tambem: http://www.uvline.com.br/uvline/certificado-arpansa.html

 

 

Comentários encerrados.